São inúmeras as barreiras que continuam a limitar a participação plena de Pessoas com Deficiência (PCD) no ambiente escolar, em casa ou no trabalho. É preciso gerar urgentemente mudanças transformadoras e inclusivas para mais de 45 milhões de PCDs brasileiros, que representam 24% de nossa população.

O Elaborando, o MAIS e a Mídia NINJA, com o apoio da Fundação Ford, realizam nos dias 19 e 20 de julho, no Rio de Janeiro, o Hackaton Tecnologias Acessíveis, com o intuito de dar passos significativos e fomentar o desenvolvimento de soluções para a inclusão de PDC’s no mercado de trabalho e também no acesso a conteúdos. A maratona mistura, remixa e potencializa os conhecimentos de agentes vinculados a acessibilidade e inovação.

Daniel Peixoto é um dos mentores do Hackaton e é sócio da produtora SeuFilme. “Meu Nome é Daniel”, seu primeiro longa-metragem, é um documentário em primeira pessoa sobre sua busca do diagnóstico que causou a deficiência que afeta sua coordenação motora. O longa (trailer abaixo) foi exibido em diversos festivais nacionais e internacionais e está qualificado para o Oscar 2020.

 

Para Daniel “tecnologia e inclusão andam de mãos dadas. Se não fosse a tecnologia da época eu não teria começado a escrever, e eu fui alfabetizado usando uma máquina de escrever há 30 anos atrás. Então inclusão e tecnologia andam sempre de mãos dadas e precisam ser usadas dessa forma para poder incluir o maior número de pessoas em diversas condições”.

Maria Antonia Goulart, co-fundadora do Movimento Down compreende que “o hackhaton é uma oportunidade de conectar pessoas com e sem deficiência e de forma colaborativa produzir caminhos para reduzir barreiras para o acesso de pessoas com deficiência ao mercado de trabalho”.

A tecnologia não é mais uma área específica. Ao permear por todos os universos, se faz necessário aprender a usar as ferramentas digitais à disposição, é fundamental que não seja excludente. Pelo contrário, “as tecnologias acessíveis colocam a pessoa com deficiência em pé de igualdade, aumentando suas oportunidades e acesso à informação e conhecimento”, conclui Branca Schulz, gestora da NINJA Hacker Space.

SERVIÇO
Data: 19/07 das 18h às 22h e 20/07 das 9h às 18h
Local: Rua Teotônio regadas, 26 SL 101, Rio de Janeiro, Lapa
Vagas limitadas: 20 inscrições
Dúvidas: [email protected]
A confirmação dos inscritos será realizada por e-mail